8º Encontro de Cinema Negro- Brasil, África e Caribe

Com um Odeon lotado, deu-se início na noite do dia 27 de maio a cerimônia de abertura do 8º Encontro de Cinema Negro- Brasil, África e Caribe. Idealizado pelo saudoso ator e diretor de cinema Zózimo Bulbul e realizado pelo Afro- carioca de cinema. Foi uma noite linda. Um palco lotado de cineastas negros da África e diáspora. foi emocionante, vi nosso Zozó multiplicado pelo número de olhos brilhantes naquela sala de cinema. Mais uma vez fui a apresentadora. Transbordo de felicidade em fazer parte dessa história.

Odeon lotado

Odeon lotado

No palco com os cineastas e os realizadores Biza Viana e Joelzito Araujo

No palco com os cineastas e os realizadores Biza Viana e Joelzito Araújo

FB_20150605_02_26_28_Saved_Picture

Apresentando de frente para um Odeon lotado.

Pronta para apresentar. detalhe para os colares e brincos do Varal da Val- Coleção Babalakina.

Pronta para apresentar. detalhe para os colares e brincos do Varal da Val- Coleção Babalakina.

Anúncios

ONU declara fim da fome na Somália

A Organização das Nações Unidas (ONU) declarou o fim da crise de fome na Somália, mas destaca que a situação no país ainda é grave. Com as secas recorrentes na região, a fome continua sendo uma ameaça a longo prazo, a menos que sejam tomadas medidas de segurança alimentar. A crise se iniciou em julho do ano passado, devido a pior estiagem dos últimos 60 anos. Dezenas de milhares de pessoas morreram no país, principalmente entre os meses de abril e setembro.

A escala de fome da ONU tem cinco níveis e a Somália se encontrava no mais alto deles, tendo ido para o penúltimo após um grande aumento nos trabalhos humanitários. De acordo com o novo relatório da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e do Sistema em Rede de Monitorização da Fome ( FEWS NET), o número de pessoas que necessitam de ajuda humanitária  de emergência caiu de 4 milhões para 2, 34 milhões, número que ainda equivale a 31% da população somali.

A FAO distribuiu sementes e fertilizantes aos agricultores locais, além disso, as chuvas registradas entre outubro e dezembro de 2011 também ajudaram o país a sair da crise. A FAO garantiu que vai intensificar seus esforços no Chifre da África, sendo que a agricultura será o seu foco. Segundo a entidade, a produção agrícola é um fator chave para manter a estabilidade e a paz na região.

Publicado em 03/02/2012

Fonte: site Flaac http://www.flaac2012.com.br/onu-declara-fim-da-fome-na-somalia/#.Ty_PCMWXRWJ